Fonoaudióloga    
  Home   Cardápio     Nutricionista        
          Psicóloga   Calendário Contato    
    Escola   fotos   Informativo        
 

Agradecemos a presença dos Pais, Amigos e Familiares dos alunos em nosso Auto Natalino.

Informativo * Assuntos Gerais
• Desejamos a todos um 2019 repleto de esperanças e sonhos, precisamos planejar e almejar o que queremos porque juntos faremos deste ano o melhor de todos.
• As fotos da apresentação de Natal encontram-se expostas na recepção da Escola, os Pais devem retirar uma ficha para fazer o pedido, os valores e tamanhos estão fixados junto às fotos.
• Ao ligar para a Escola favor priorizar a linha 3453 - 4512 para descongestionar a linha 3453-1104.
• As aulas extras curriculares serão retomadas a partir de Março.

Informativo * Pedagógico
• Anexo o artigo sobre Adaptação Escolar, o mesmo deve ser lido pelo Pai e Mãe, pois, além dos alunos novos, os alunos que já frequentam a Escola passam por uma nova adaptação com a troca de turma e de Educadora, nesse período algumas mudanças podem ocorrer na rotina de seu filho (a). Artigo publicado por Letícia Casonatto - Pedagoga, Psicopedagoga, Especialista em Neuropsicopedagogia e Inclusão Escolar.
• No mês de Janeiro e Fevereiro os alunos podem trazer brinquedos para a Escola diariamente, evitem brinquedos novos, pois, pode ocorrer o risco de danificar.
• A lista de material escolar encontra-se no site da Escola.
• As aulas do ano letivo Escolar iniciam no dia 25/02 – segunda-feira, os Pais devem trazer o material escolar até o dia 22/02 – sexta-feira, favor identificar todo o material e trazer na sua totalidade.
• Os livros didáticos serão adquiridos na Escola e parcelados no boleto Escolar.

Informativo * Vencimentos e Documentos
• Conforme contrato escolar 2019 o não pagamento do boleto escolar até a data de vencimento, no dia 10 de cada mês, implicará no acréscimo de juros de mora de 1% (um por cento) ao mês, da correção monetária pelo IGP-M (FGV), ambos desde a data do vencimento até a data do efetivo pagamento, além da multa contratual de 10% sobre o valor total do débito.

Informativo * Saúde
• Lembramos que o dia da fruta é na terça-feira e o dia do lanche livre é na sexta-feira.
• A partir de Fevereiro a empresa nutriyupi realizará a cobrança do lanche nutritivo diretamente aos Pais.
• Solicitamos que enviem roupas leves adequadas à estação, chinelo ou sandália e roupas de verão.

Informativo * Passeios e Visitas
• No decorrer dos meses de Janeiro e Fevereiro, estaremos realizando passeios de férias, dia do sorvete e criançada terá os dias de piscina na Escola, vamos curtir muito esse verão.

Informativo * Aniversariantes
• Para realizar a festinha de aniversário solicite o Kit festinha junto à coordenação da Escola.
• As festas de aniversário são realizadas na terça-feira, solicite a data na coordenação.

Parabéns – 03/01- Júlia Lozano- Recreação
Parabéns – 13/01- Artur de Freitas Genzler- Pré
Parabéns – 15/01- Gabriela Colombo Provenzi- Recreação
Parabéns – 16/01- Júlia Ross Fonseca- Maternal II
Parabéns – 20/01- Victória de Oliveira Lottici- Maternal II
Parabéns – 21/01- Funcionária Natália Franciele Ramos

Sou criança e preciso brincar!   
                                 
Atenciosamente
Quelen Baggio –Diretora

______________________________________________________________

Mulher...

Que traz beleza e luz aos dias mais difíceis
Que divide sua alma em duas
Para carregar tamanha sensibilidade e força
Que ganha o mundo com sua coragem
Que traz paixão no olhar
Mulher,
Que luta pelos seus ideais,
Que dá a vida pela sua família
Mulher
Que ama incondicionalmente
Que se arruma, se perfuma
Que vence o cansaço
Mulher,
Que chora e que ri
Mulher que sonha...
Tantas Mulheres, belezas únicas, vivas,
Cheias de mistérios e encanto!
Mulheres que deveriam ser lembradas,
amadas, admiradas todos os dias...

Para você, Mulher tão especial... Feliz Dia Internacional da Mulher!

______________________________________________________________

Pais, filhos e "amigos virtuais" dos filhos!

Sempre foi, é e deverá ser uma preocupação educativa dos pais saberem com quem andam os seus filhos.
Não tem como os pais tentarem terceirizar a educação dos filhos, pois educação é algo maior do que simplesmente amar de paixão, orientar, prover, agradar, ser amigo, perdoar, cuidar, ensinar, divertir, rezar, garantir a segurança, responsabilizar-se por eles. Educar é preparar hoje o cidadão do futuro.
Atualmente não é raro encontrar pais que delegam à escola a educação dos seus filhos. Quando um aluno “apronta” e a escola convoca seus pais para uma reunião, estes geralmente atribuem a responsabilidade à escola e cobram dela medidas educativas.
Pela Teoria Psicodramática os papéis são complementares (pai/filho - mãe/filho - psiquiatra/paciente - motorista/passageiro - professor/aluno - avô/neto - avó/neto - patrão/empregado - chefe/subordinado.
A única complementação biológica correta é a complementação pais-filho(s) e não professor/filho (mesmo que seja filho do professor, o papel complementar em ação é o professor/aluno).
Este fato vem à realidade mostrando que quando um jovem por qualquer motivo vai à delegacia, ou pronto-socorro, ou necrotério, nenhum professor, nem diretor, nem motorista jamais foi ou é chamado. Os chamados são sempre os pais, filhos são para sempre, na Escola o aluno é transitório.
A educação na formação de valores cidadãos é da responsabilidade dos pais e devem controlar tudo o que os filhos recebem, seja o que for: alimentos, conhecimentos, pessoas à sua volta etc. Quanto mais vulneráveis, mais os filhos devem ser controlados. Quanto mais responsáveis, maiores autonomias terão não se entrega a direção de um carro pelo simples desejo de um filho querer dirigir. Assim também os pais têm que saber com quem seus filhos estão se relacionando - presencial ou virtualmente. Muitos pais fornecem Internet para seus filhos e autorizam-nos a usá-la livremente. Assim, os filhos recebem, na intimidade da sua casa, pessoas estranhas que se fazem conhecidas virtuais na intimidade de suas famílias. Estes estranhos ganham mais força que os seus próprios pais e pedem sigilo para suas ações nem sempre boas, ou melhor, geralmente, malévolas, pois para as boas ações não necessitariam de alianças sigilosas. É assim que pedófilos conseguem seduzir crianças que se escondem dos seus próprios pais. Eles se mostram muito mais agradáveis, afetivos, interessados, generosos, dedicados do que os adultos que têm em casa...
Não confundir negligência dos pais com o respeito à individualidade do filho. Soltar um incapaz no mundo virtual é o mesmo do que soltar uma criança sozinha numa feira livre, num festival musical, num circo em dia de apresentação.
Ser pai amigo é negligenciar a educação, negar ser guia mentor e responsável pelo filho, pois não há complementaridade saudável no relacionamento amigo/filho nem pai (mãe) /amigo e se amigo tem amigo, filho tem que ter pai (mãe).
IÇAMI TIBA

_________________________________________________

Adaptação Escolar

O início da vida escolar é um acontecimento significativo para toda a família, que terá dois grandes desafios pela frente: o ambiente desconhecido e a separação da mãe.
A adaptação é um processo contínuo de mudança, crescimento, desenvolvimento e amadurecimento. Marcado por encontros e desencontros é o momento em que a criança e seus pais passam a criar novas relações afetivas com um novo grupo que se encontra na sociedade. Acontece, a partir de então novos relacionamentos, favorecendo que a criança construa um mundo social mais amplo e se desenvolva intelectualmente e emocionalmente.
Nesse momento de sua vida a criança depara-se com duas conquistas fundamentais: a independência e a autonomia. Os pais podem e devem ajudar seus filhos neste momento tão importante.

1- A ida da criança à escola deve ser preparada; entretanto, evite longas explicações para ela, pois isso pode despertar suspeitas e insegurança;

2- O choro na hora da separação é freqüente e nem sempre significa que a criança não queira ficar na escola;

3- Cabe à mãe entregar a criança ao educador, colocando-a no chão e incentivando-a a ficar na escola. Não é recomendável deixar o educador com o encargo de retirar a criança do colo da mãe;

4- A sala de atividades é um espaço que deve ser respeitado e sua presença nela, além de dificultar a compreensão da separação, fará as outras crianças cobrarem a presença de suas mães;

5- Nunca saia escondido de seu filho. Despeça-se naturalmente.

Não desista na primeira dificuldade. Cada criança tem o seu jeito de ser e de se adaptar a novas situações. Muitos pais se sensibilizam com a resistência dos filhos à adaptação escolar e acabam retardando este momento. O que você deve ter em mente é que estará preparando seu filho para conviver em sociedade, aprendendo a compartilhar e respeitar o outro.

Letícia Casonatto
Pedagoga, Psicopedagoga, Especialista em Neuropsicopedagogia e Inclusão Escolar
Clínica Jeito de Ser. Telefone: (54) 3454-4092